Melhores estratégias de marketing durante a pandemia


A pandemia do novo Corona vírus prejudicou a vida de todos, infelizmente, ninguém conseguiu escapar dos seus efeitos. As rotinas foram totalmente readequadas e essa nova realidade fez com que as empresas repensassem seus planos de marketing.


Até porque, com todas as medidas restritivas impostas no Brasil e no mundo, muitos comércios fecharam por não conseguirem se adequar a todas as mudanças. Então, aqueles que continuaram lutando, tiveram que mudar suas perspectivas.


Pensando em como ajudar os comércios, esse artigo mostrará algumas estratégias para serem utilizadas durante a pandemia. Elas podem ser aplicadas no dia a dia, principalmente, para resgatar ou aumentar a quantidade de vendas do seu negócio.


1 - Organize o seu local de trabalho


Realize uma pesquisa de clima organizacional em sua empresa. Veja como os seus colaboradores, parceiros e sócios estão reagindo com todas essas mudanças. Esse será o primeiro passo.


Tente entender o que cada pessoa do trabalho está passando e pense em soluções. Assim como o estilo home office já foi aderido por boa parte das empresas, outros investimentos também podem surgir.


Inclusive, é importante dizer que uma pessoa só trabalha bem se se sente segura. É difícil, neste momento, dar qualquer segurança para um colaborador, por isso, faça reuniões que exponham a realidade do empreendimento.


Falar disso é importante porque nenhuma estratégia funciona sem a cooperação dos envolvidos. Ademais, mensagens de apoio e empatia com a realidade do colaborador são essenciais no início.


2 - Comunique a mudança


Caso seja necessário a mudança para o ambiente virtual ou o fechamento de portas devido às medidas de combate contra o corona vírus, a primeira estratégia é realizar uma força tarefa para avisar o máximo de seus clientes físicos de que haverá mudanças no negócio.


Realize a impressão de banner para estampar em sua loja física, caso o cliente passe por perto, assim ele saberá encontrar outras formas de continuar consumindo os produtos ou serviços da sua empresa .


Ainda falando sobre comunicação com os clientes, uma forma interessante é utilizar o e-mail marketing e o telefone para contatar o maior número possível de consumidores. Este contato também pode ser feito via aplicativos de mensagens.


Ademais, não esqueça de colocar em todas as páginas digitais o aviso de que a loja física está fechada devido às medidas de controle da pandemia. Peça para os clientes compartilharem, bem como apresente uma solução para que eles possam continuar consumindo.


Cuidado para não divulgar muitas mensagens, principalmente mensagens desnecessárias.


3 - Faça promoções e dê brindes


Uma estratégia que sempre dá certo é a queima de estoque, diversas lojas de roupas ou acessórios acabam por ter um estoque de peças que não foram compradas e, desta forma, realizam promoções para vender o restante.


Com a pandemia esse estoque pode ser utilizado. Então, com a realização de entregar via encomenda, promoções comuns permanecerão fortes. Sendo que algumas são:


  • Leve três e pague dois;

  • Acima de um valor X, não será cobrado o frete;

  • Nas compras acima de X, ganhe algo de brinde;

  • Na compra de nossos serviços, você ganha algo de brinde;

  • Orçamento de graça para clientes que seguirem a página.


Brindes personalizados são muito bem vistos, pois o cliente se sente único. Assim como formas de mostrar que o comércio está se esforçando para oferecer um serviço de qualidade. Lembre-se, a empatia está em alta, aproveite esse sentimento a seu favor.


As promoções alavancam o negócio, esquentam as vendas e pagam dívidas pendentes. Então, realize pesquisas de campo para entender qual o produto mais queridinho da sua loja, bem como aquele que dá mais retorno.


4 - Aproveite as redes sociais e as lives de streaming


O ambiente mais propício para se trabalhar durante a pandemia é o digital, quem melhor se adequar a este meio poderá, até mesmo, alavancar as vendas ao invés de segurar o comércio. Há tempos que as lojas digitais vêm ganhando espaço, sendo que a pandemia apenas potencializou o fenômeno.


Visto isso, invista fortemente nas redes sociais. Faça o seu público interagir com você, mostre para eles que você não parou apesar da crise, pelo contrário se readequou.


Em um primeiro momento as publicações serão sobre as mudanças, o público precisa saber que o estabelecimento mudou. Nesse primeiro contato placas de sinalização de segurança serão muito úteis, principalmente para empresas que prestam serviços.


Feito isso, está na hora de mostrar para o cliente que sua ação vai além dos serviços prestados. Faça uma apuração e publique a forma dele se cuidar do vírus. Faça postagens ensinando a lavar as mãos e colocar máscaras. Isso vai gerar empatia.


Algumas campanhas de sites famosos até deram produtos simplesmente para os clientes se inscreverem em seus sites. Quando o consumidor se inscrevia ganhava um prêmio que o incentivava a ficar em casa.


O poder das lives


As lives, que se fortaleceram no início da pandemia, tendem a crescer com o aumento das restrições dos governos estaduais. O sucesso das lives se deu devido à fácil comunicação, o entretenimento e o aprendizado que muitas delas trazem.


Dessa forma, será possível manter o cliente conectado, gerar autoridade do assunto e coletar dados que poderão ser usados nas próximas campanhas. Você pode, então, fazer o consumidor registrar um e-mail e dados simples para gerar o link da live.


Com isso, você os atrai, oferece uma programação diferente, seja um curso, um debate, música ou entrevistas. No final de tudo, faça um sorteio para quem participou ou para quem adquiriu os produtos no período da live.


Essa é uma boa oportunidade de conseguir a impressão de dados variáveis sobre os seus clientes, facilitando o processo da geração e qualificação dos seus Leads (clientes em potencial), além de gerar engajamento nas redes sociais e no site do empreendimento.


5 - Utilize leads magnets


Leads magnets são formas de atrair o público para o site da sua empresa, aumentando a possibilidade de compra de produtos ou serviços. Leads são clientes em potencial, contudo eles só se tornam leads quando entram na sua plataforma de compra.


A forma de fazer isso é dando algo de qualidade, mas de graça em troca de algumas informações que você utilizará para realização das próximas campanhas.


Esse tipo de estratégia é muito utilizada em projetos corporativos, onde é preciso mostrar o produto para o cliente.


Então, para que o cliente veja o seu trabalho, você oferece algo que mostre isso, mas não exatamente tudo. O objetivo é atiçar a curiosidade do consumidor e fazê-lo lembrar da sua marca a ponto de falar dela para seus conhecidos.


Alguns exemplos de leads magnets:


  • Webinar;

  • Ebook;

  • Vídeo exclusivo;

  • PDF com instruções;

  • Cupons de desconto;


O ponto forte dos leads magnets é tirar o consumidor das redes sociais, ou seja, são as famosas páginas de captura. Após isso, o objetivo é levar os, agora, leads para uma página de vendas.


Webinars podem ser feitas por meio de palestras interativas criadas pelos sócios da empresa, explicando pontos curiosos ou tendências do mercado e afins.


Elas são interessantes porque são informativas e não precisam de muita edição, contudo, tome cuidado com o áudio e vídeo, eles devem ser de qualidade.


Os Ebook e PDFs informativos ajudam na hora que o cliente precisar de algo relativo ao seu negócio. Imagine um restaurante que ensine por meio desses lead magnet uma receita do menu do chef em placas personalizadas em softwares de edição.


Então, quando o cliente for cozinhar, se lembrará do Ebook e tentará fazer a receita. Isso o fará lembrar do restaurante, ou da empresa, ou do serviço que ele contratou e está fazendo de casa em segurança.


Por fim, os vídeos exclusivos junto de aulas exclusivas e cursos exclusivos, são conteúdos que demandam mais tempo. São pontos fortes para prestadores de serviços.


Assim, será feito uma grande live ou um vídeo exclusivo para quem preencher um grande formulário. Ou para quem bater um número de vendas ou interações nas redes sociais. As formas são diversas, mas o fato é que o cliente verá o profissional em ação.


Sendo possível vê-lo atuando com toda a autoridade e conhecimento do assunto, isso gerará confiança no consumidor, aumentando drasticamente as chances de compra dos serviços de terceirizar impressão, por exemplo.


Da mesma forma que o cliente pode também se sentir feliz por resolver um problema simples, graças à sua ajuda.


Considerações finais


Lembre-se de fazer um conteúdo de qualidade, até porque dar algo de graça não significa que o brinde deve ser ruim, pelo contrário. É por meio desse conteúdo gratuito que o consumidor se interessará pelo produto final.


Portanto, estas foram algumas dicas de como gerenciar seu negócio no meio da pandemia do coronavírus. Não se desespere, busque seus pontos fortes e utilize-os nesse momento de dificuldade.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
LOGOMARCA BC MARKETING 2020.png

@bcmarketingempresarial

(31) 9 7170-4328

Empresa

Missão, visão e valores

Clientes e Parceiros

Criação de 

sites

Adesivos

Panfletos, Flyers e Folhetos

Banners

Foto Produtos

Folders

Cardápios

Logotipo e

Identidade Visual

Web Design e Marketing Digital

Publicidade e Propaganda

Atendimento: 

Segunda á Sexta de 8:00 as 18:00 

Cartões de visita

Mouse Pad

Revistas e Livros

Fotografia