Instagram: O que é a função de limitar conteúdos sensíveis e como usar

A rede social de compartilhamento de fotos e vídeos conhecida como Instagram é uma das mais utilizadas nos últimos anos e sempre busca formas de personalizar a sua interface para que os usuários aproveitem os recursos de forma benéfica e segura.



Em junho a plataforma ampliou o mecanismo que limita a visualização de conteúdo sensível que antes só era controlado pela guia Explorar.


Com a nova atualização, usuários serão notificados em todo o tipo de conteúdo incluso na plataforma, sendo eles:

  • Feed;

  • Stories;

  • Reels;

  • Explorar.

Conteúdo sensível é todo tipo de material que, apesar de seguir as diretrizes e políticas de privacidade de uma plataforma, podem de algum modo gerar desconforto a quem visualizar, seja uma foto, vídeo ou notícia.


O Instagram categoriza como conteúdo sensível assuntos relacionados à violência, drogas lícitas, alusão sexual, depoimentos e reportagens com vítimas de abuso, morte e demais assuntos envolvendo tragédias da humanidade.


A plataforma entende que seus inúmeros usuários são de nichos e gostos muito distintos, desde pessoas comuns até uma produtora de vídeo comercial, e assim elaboram formas de deixar a entrega de conteúdos mais personalizada.


O principal é manter sempre em foco o comportamento do usuário, que através de seu engajamento com conteúdos vai determinar como esses chegam até ele.


No caso dos conteúdos sensíveis, eles aparecem com uma mensagem de alerta e opções para abrir o conteúdo. Antes mesmo de conferir a imagem ou vídeo que está com a mensagem, o usuário pode identificar através do espaço da legenda sobre o que é o conteúdo.


Dentre as diretrizes da comunidade, não se encaixam como conteúdos sensíveis nenhum tipo de conteúdo que seja categorizado como crime. Discurso de ódio, bullying, racismo, LGBTfobia ou outros conteúdos com danos à sociedade são banidos da plataforma.


O algoritmo do Instagram identifica por si, através das diretrizes já pré-formadas da plataforma, quais conteúdos possam vir a ser considerados sensíveis e devem ser evitados em um perfil interessado em assuntos como leitor biométrico para controle de acesso.


A partir do momento que o usuário opta em suas configurações a ativar o recurso de aviso a conteúdos sensíveis, o algoritmo entende que esse perfil de usuário não quer consumir conteúdos que possam ser desagradáveis para sua experiência.


Desse modo o algoritmo emite um aviso antes que a foto ou o vídeo possa ser visto, protegendo assim a integridade e o desejo do usuário em questão e garantindo que ele esteja de acordo com as regras da rede social.


Existem ao todo três opções de conteúdo sensível para o usuário escolher, identificando sua vontade e a maneira com a qual deseja interagir com a plataforma. Essa escolha pode ser modificada ao longo do seu período utilizando o Instagram.


A primeira opção é a que apareçam menos conteúdos sensíveis, ativando os algoritmos para que eles eliminem o máximo possível desse tipo de material, reduzindo as publicações e contas que aparecem em sua rede de eventos corporativos e confraternizações em particular.


Isso não significa que estas contas não surgirão mais em seu feed de notícias, mas sim que o Instagram tentará evitar ao máximo esse contato, deixando a tela do usuário mais limpa e pronta para uma utilização mais adequada.


A segunda opção é a padrão, que a maioria dos usuários já utiliza. Nesse caso, há um filtro para conteúdo sensível, mas ele não é tão firme quanto na primeira opção. Nesse caso, alguns conteúdos aparecerão em sua timeline.


O controle de qualidade nesse caso acaba sendo um pouco menor, em grande parte evitando mostrar contas novas ou que você tem pouco contato, mas deixando o conteúdo sensível de pessoas mais próximas e que possuem uma interação maior entre as contas.


Por fim, há uma opção onde o conteúdo sensível é direcionado e aparece com muito mais frequência, ideal para quem gosta desse tipo de conteúdo e deseja consumir mais sobre ele na rede social com um perfil direcionado para automação de processos industriais.


É importante ter em mente, entretanto, que essa é uma opção disponível apenas para maiores de 18 anos registrados no Instagram, uma forma de controlar melhor o tipo de conteúdo que é apresentado na plataforma.


Controlando conteúdo sensível no Instagram


Agora que você entende um pouco melhor como os filtros de conteúdo sensível funcionam, é hora de identificar como fazer isso efetivamente em sua conta, escolhendo a opção que mais se encaixa em suas necessidades.


Vale lembrar que cada usuário é único e tem suas próprias preferências, por isso nem sempre duas pessoas utilizarão o mesmo tipo de opção para proteger-se de conteúdo sensível dentro da plataforma do Instagram.


Por isso, adaptar esse formato à sua realidade e sua necessidade é a maneira mais efetiva de aproveitar todas as funcionalidades da rede social com sua empresa de componentes elétricos industriais, evitando complicações e problemas a longo prazo para esse tipo de ação.


O primeiro passo para você conseguir controlar o conteúdo sensível em sua conta do Instagram é acessar o perfil, o que pode ser realizado ao clicar na foto no canto inferior da tela do smartphone, ao lado direito.


Então você deve abrir o menu de configurações, que pode ser acessado ao clicar nos três traços horizontais que se situam no canto direito superior para verificar todas as opções disponíveis.


Na aba “Conta”, você encontrará o controle de conteúdo sensível e poderá escolher qual dos três modelos mais se adequa à sua utilização da ferramenta, lembrando de apertar “OK” para salvar as configurações.


Esse movimento pode ser feito a qualquer momento, e você pode mudar de ideia com relação ao conteúdo sensível a qualquer momento.


Para mudar as configurações novamente, basta repetir esse processo para escolher outra configuração mais adequada para sua conta de uma empresa de acoplamentos de motores elétricos.


Redes sociais e segurança digital


Um assunto que cada vez mais tem se tornado pauta entre as pessoas é a questão da segurança digital. Muitas pessoas temem que as redes sociais sejam uma forma de se expor e acabam diminuindo seus acessos com medo de serem alvos de ataques de hackers.


A verdade é que as empresas responsáveis pelas redes sociais e sites de confiança estão constantemente trabalhando em atualizações e ferramentas de segurança, tornando os ambientes de navegação mais seguros e confortáveis para todos os usuários.


Ainda assim existe uma boa parte da segurança digital que é de responsabilidade do próprio usuário, por isso é muito importante se atentar às regras de privacidade e de controle de acessos em redes sociais e perfis.


Se você não for uma pessoa pública, é possível restringir os acessos a suas informações apenas para pessoas que você também acompanha, impedindo que usuários novos tenham acesso ao seu conteúdo.


Isso ajuda você a controlar melhor quem tem acesso às publicações que você realiza no

Instagram, deixando que você permita o acesso para novos usuários, que devem solicitar a entrada em seu círculo de contatos para conseguir ver o que você está compartilhando.


Para empresas de comunicação visual em acrílico, por exemplo, esse modelo nem sempre é funcional. A exposição que o Instagram oferece pode ser parte de sua estratégia de marketing e conseguir o máximo possível de conexões é ideal para esse tipo de atividade.


Nesses casos é importante contar com filtros como o de conteúdo sensível para conseguir utilizar de maneira mais efetiva o Instagram, garantindo que você estará seguro e que a navegação não apresentará nenhum tipo de conteúdo impróprio.


Para muitas pessoas, a publicação de material sensível é parte do trabalho, mas isso pode gerar um retorno negativo para uma empresa de máquinas especiais automação, o que acaba prejudicando a maneira como sua companhia faz negócios.


O ideal nestes casos é justamente contar com ferramentas de suporte para apresentar o material sem correr o risco de expor algo indevidamente, protegendo assim as contas de usuários menores de idade ou que se incomodam com esse tipo de material.


A experiência do usuário é uma das prioridades em qualquer situação, e lidar com esse tipo de atividade demanda uma atenção especial ao tipo de material que seus consumidores estão buscando.


Dessa forma, você consegue adaptar seu próprio conteúdo para gerar esse tipo de material sem nenhuma complicação, otimizando suas ações e garantindo um Instagram mais seguro e pronto para qualquer idade.


Considerações finais


Ferramentas como o bloqueio de conteúdo sensível são muito importantes para tornar a rede social mais adaptável e pronta para lidar com qualquer situação. Dessa maneira, você otimiza suas atividades e garante resultados muito mais atrativos para o público.


Essas ferramentas são essenciais para permitir uma atividade mais ágil quando você estiver navegando pela rede social, permitindo que conteúdos que não se encaixam em seu perfil de usuário sejam excluídos de sua linha do tempo.


Assim você consegue ter acesso a muito mais material de qualidade em sua navegação pela rede social.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo