top of page

Inbound marketing: saiba como atrair e fidelizar os seus clientes

Focada em atrair, converter e encantar clientes, o inbound vem se tornando uma das principais ferramentas para que as empresas consigam transformar os cliques em clientes potenciais.


Conhecido também como marketing de atração, essa estratégia afasta-se do conceito tradicional da publicidade e possibilita desenvolver uma conexão com o público-alvo por meio de alguns pilares. São eles:


  • Marketing de conteúdo;

  • SEO;

  • Redes sociais;

  • Estratégias.



Em outras palavras, tanto o inbound quanto os pilares citados acima possuem uma relação muito intensa com o marketing digital.


Por sua vez, esses pilares possuem um papel fundamental em todo o processo de marketing de uma empresa, visto que elas têm o poder de fazer com que uma loja que vende cabos elétricos, por exemplo, aumente seu destaque entre a concorrência e, naturalmente, fature mais do que antes.


De uma forma ou outra, o marketing sempre baseou-se em interrupções. Em campanhas promocionais, as empresas sempre buscam ter a atenção das pessoas em suas tarefas diárias.


Para conseguir a atração dos futuros clientes, a ideia era sempre mostrar a qualidade do produto e como ele seria útil para a pessoa.


Como se essa ação já não bastasse, ainda havia casos em que a qualidade das soluções vendidas deixava a desejar e o consumidor se encontrava em uma posição nada confortável, onde ele pouco poderia fazer se valer de seus direitos.


Contudo, os tempos mudaram, e a principal razão desse cenário ter alterado se dá por conta da ascensão da internet.


Pelo fato do mundo estar cada vez mais digital, podemos observar que várias formas de aumentar a proteção dos usuários foram desenvolvidas, principalmente chaves de segurança para que os dados das pessoas mantenham-se seguros.


Deste modo, a internet vem sendo considerada cada vez mais um espaço mais vantajoso para os clientes fazerem suas respectivas compras.


Outro fator bastante perceptível foi a mudança de comportamento dos consumidores, que, por sua vez, mudaram as regras do jogo para sempre.


É dessa forma que as pessoas começaram a ter uma noção melhor para fazer suas compras.


A prova disso podemos ver através de alguns exemplos diários, onde um usuário consegue saber todas as características de uma iluminação profissional para aplicar na sua residência por meio de uma empresa que possui um site, mostrando seus produtos e formas de contato.


Diante desse contexto, muitas empresas perceberam que precisavam mudar suas estratégias para conquistar e manter seus clientes, afinal, eles são uma das bases mais importantes para que um negócio consiga manter seus números.


Foi através dessa necessidade de encontrar novas formas de fazer uma gestão que o inbound marketing surgiu, mas, para explicar melhor, entenda mais do que se trata essa ferramenta que vem sendo utilizada cada vez mais pelos empresários.


O que é inbound marketing?


Resumidamente, o inbound marketing é um conjunto de estratégias de marketing que se baseia na ideia de criação e compartilhamento de conteúdo voltado para um público-alvo.


No geral, é certo dizer que as estratégias que compõem o marketing são capazes de fazer com que uma loja que tem como parte de seus produtos vender controlador de acesso, por exemplo, consiga aumentar o seu número de vendas e, naturalmente, ter uma margem de lucro maior.


Todo esse processo busca conquistar a permissão de comunicar com o seu potencial cliente de forma direta, criando assim um relacionamento natural que pode se tornar duradouro com o tempo.


Em outras palavras, o inbound marketing é uma estratégia que faz com que o cliente vá até a empresa, atraídos geralmente por uma mensagem desenvolvida estrategicamente.


Na prática, podemos imaginar como esse tipo de estratégia consegue ser útil, por exemplo, para uma consultoria de TI, visto que é uma área que possui grande demanda, mas que, sem aplicar as estratégias de marketing, é capaz que a empresa não tenha os resultados esperados.


É a partir desse momento que fica mais fácil apresentar suas soluções e transformar os leads em clientes. Foi por esse motivo que o inbound marketing ganhou o nome de marketing de atração. Nesse mundo de estratégias, o mesmo também é considerado como “novo marketing”.


Vale pontuar que no processo de funcionamento do inbound marketing, onde o gestor precisa nutrir o lead com conteúdos, é necessário ter um foco sobre a estrutura da empresa, deixando de lado um pouco aqueles materiais que estão ligados diretamente com vendas.


Em outras palavras, trata-se de desenvolver conteúdos como atualização de firmware, explicando a importância dessa atualização e como ele é capaz de promover uma segurança ainda maior para uma empresa.


Origem do inbound marketing


Por sua vez, o inbound marketing vem sendo praticado há bastante tempo pelos profissionais que trabalham na própria área de marketing, mesmo que de forma inconsciente.


Como algumas pessoas já sabem, o marketing tem também o foco de gerar conexões, oferecer conteúdos relevantes, publicando algo que possa dar valor para a marca. Para um cliente potencial, isso pode ser considerado inbound marketing.


Originalmente, o termo começou a ser usado por Brian Halligan, cofundador de uma empresa que desenvolve e comercializa softwares de marketing de entrada, vendas e atendimento ao cliente.


Em contrapartida, os princípios do inbound marketing vêm sendo usados há décadas, segundo o americano Peter Drucker.


Se olharmos de uma maneira mais aprofundada, podemos perceber que o inbound marketing surge paralelo ao marketing digital e da relação entre o consumidor e a publicidade, que, nesse caso, envolve o internauta e a comunicação online.


Onde antes o consumidor não tinha controle sobre o que consumia, na internet ele podia escolher basicamente tudo. Isso envolve os conteúdos que ele deseja ver e os canais de comunicação que são mais atrativos para ele.


Dessa forma, podemos compreender que nada é melhor que conquistar novos clientes por meio de conteúdos que ele mesmo deseja ver.


Imagine, por exemplo, uma pessoa que começou a ter interesse em empresas de sistemas pelo simples motivo de querer implantar um sistema capaz de fornecer dados suficientes para controlar um estoque. Através de conteúdos estratégicos, empresas desse ramo podem conseguir atrair esse tipo de cliente.


É nesse momento que surge a necessidade de trabalhar um planejamento estratégico, com ações que promovam resultado o quanto antes.


Em outras palavras, o inbound marketing é como se fosse um ímã que atrai o cliente através de um conteúdo publicado.


Processo do inbound marketing


Para entender melhor a forma que o inbound marketing funciona, é preciso colocar na cabeça que o processo de funcionamento se divide em quatro partes. São elas:


  • Atração;

  • Conversão;

  • Venda;

  • Encantamento.


O que torna o inbound marketing uma ferramenta extremamente útil e prática para as empresas é a sua forma de operar. Na prática, é semelhante a um motor de partida que, quando é iniciado, consegue desenvolver um fluxo contínuo de operação. Entenda melhor como funciona cada parte desse processo.


Atração


A primeira regra a ser seguida é conseguir tráfego no site, um tráfego qualificado para os seus canais digitais. Por esse motivo, a primeira etapa da metodologia inbound é fazer com que usuários aleatórios se tornem visitantes regulares por meio de conteúdos relevantes.


Conversão


O objetivo de conseguir vários cliques dentro de um site é fazer com que a grande maioria desses cliques sejam convertidos em leads. Ou seja, fazer com que esses usuários criem um desejo real nos seus produtos.


Venda


Depois de desenvolver vários conteúdos estratégicos, nutrindo o lead sobre informações relevantes sobre a sua empresa e seus produtos, está na hora de observar se o lead está no estágio certo para tentar realizar a venda.


Encantamento


Depois de conseguir fechar a venda, vale a pena dizer que a relação entre a empresa e o consumidor não se limita até esse momento. É necessário criar uma nova jornada, que visa fidelizar o cliente para que outras compras futuras sejam feitas na sua empresa.


Mensuração de resultados


Uma das vantagens que as estratégias online conseguem proporcionar para os empresários é a possibilidade de mensuração, o que permite uma análise baseada em dados.


Uma das ações nessa parte é manter um acompanhamento contínuo sobre os resultados. A falta desse monitoramento acaba gerando incerteza sobre o que funciona e o que não funciona dentro de um negócio.


De certa forma, na ausência dos dados coletados através do acompanhamento, fica ainda mais difícil saber onde devem ser feitos os investimentos necessários dentro de uma empresa.


Felizmente através do marketing digital o empresário terá em suas mãos métricas importantes para serem monitoradas. Através dele a empresa terá a liberdade de reduzir seus custos, melhorar a operação e, acima de tudo, aumentar sua margem de lucro.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

4 visualizações0 comentário

Commenti


bottom of page