top of page

Como‌ ‌fazer‌ ‌meu‌ ‌marketing‌ ‌pessoal?‌

O marketing pessoal é uma estratégia de publicidade que visa fortalecer a imagem e a reputação do profissional no mercado de trabalho, ajudando a gerar autoridade, podendo o levar a ser uma referência dentro do mercado.


De nada adianta você ter excelência e experiência na sua área se ninguém souber disso. Por isso, adotar estratégias para publicidade de suas qualificações, experiências e desempenho é uma ótima medida para ampliar seus horizontes.




Por exemplo, você tem um canal no Youtube, é formado em publicidade e propaganda e recentemente fez um curso de youtuber EAD (Ensino a Distância) para melhorar ainda mais seu conteúdo e postura profissional.

Contudo, se não souber divulgar todas essas qualificações, o número de acessos e de um possível patrocínio para seu canal se tornará muito difícil.

Vale destacar que o marketing de carreira não é uma ação única e está muito mais relacionado a um conjunto de hábitos seguidos pelo profissional do que qualquer outra coisa. Portanto, exigirá medidas e ações visando sua autopromoção.


Objetivos do marketing pessoal


O marketing de ordem pessoal, como vimos, é importante para sua própria imagem, podendo o tornar referência no segmento de trabalho.

Mas além disso, quais os objetivos a serem atingidos com este tipo de marketing? Confira abaixo.


Chamar atenção para seu trabalho


A famosa frase “quem não é visto não é lembrado” se aplica muito ao reconhecimento pessoal.

Seu trabalho e qualificações devem estar em evidência para que você seja notado e, mais facilmente, contratado. Você pode usar blog pessoal, mídia social ou portfólio para tal.


Mostrar habilidades


Uma ótima forma de mostrar do que é capaz é por meio do uso de portfólios. Eles permitem demonstrar quais suas ações desde o planejamento até o produto final, apontando também qual sua forma de trabalho e as habilidades que possui.


Geração de autoridade e de confiança


Quanto mais você demonstrar suas habilidades e qualificações, mais credibilidade e reconhecimento ganha. Isso permite que você passe uma imagem de maior confiança e seja referência no assunto.

Agora que você sabe quais são os objetivos e a importância do marketing para sua carreira, confira 9 dicas para ampliar o seu marketing próprio.


1. Estabeleça um objetivo claro e detalhado


Antes de qualquer outra ação, você deve estabelecer qual objetivo quer obter com ela e detalhar a proposta, evitando a superficialidade. Por meio do estabelecimento do objetivo você conseguirá traçar metas e planejar o caminho a ser percorrido.

Lembre-se que as metas devem ser alcançáveis. Não adianta estabelecer objetivos inatingíveis e que não sejam plausíveis com os recursos que dispõe. Sem saber para onde quer ir e sem orientação, a escolha do caminho se torna difícil.

Por exemplo, se você tem cabine de fotos para alugar e deseja expandir seus contatos profissionais, pode começar planejando a confecção de um site, caso não tenha, para divulgar seu serviço ou promover anúncios.

2. Defina qual é seu público alvo

Agora que você já sabe qual seu objetivo, precisa definir qual o público a ser atingido. Para isso, pode coletar informações como faixa etária, estilo de vida, comportamento, perfil de consumo e local de residência.

Sabendo quem você deseja atingir com suas ações, torna-se mais fácil programá-las e personalizá-las. Isso é especialmente importante para planejar o tipo de comunicação a ser empregado, conforme a persona criada para a marca.

Imagine que você é um profissional de contabilidade ou uma empresa de declaração de imposto de renda para empresas de pequeno porte.


Dessa forma, sabe que deve veicular ações pensando nesse público, como ampla divulgação de sua formação na área.


3. Participe de eventos relacionados ao seu segmento


A participação em eventos dentro da sua área permite maior divulgação das suas habilidades profissionais e abre possibilidade de parcerias.

Os eventos servem para promover:

  • Networking;

  • Contatos profissionais;

  • Conexões profissionais;

  • Conhecimento sobre o seu trabalho.

Supondo que você forneça consultoria para abertura de empresa em São Paulo. Eventos voltados ao ramo empresarial podem te ajudar a divulgar seu trabalho por meio de um stand destinado a isso.


4. Mantenha seu LinkedIn sempre atualizado


O LinkedIn é uma importante rede social para relacionamentos profissionais com empresas e outras pessoas atuantes na mesma área, ou complementares. Por meio dessa plataforma, os contratantes da era digital buscam os profissionais mais capacitados.

Portanto, manter o currículo atualizado dentro da plataforma permite que suas chances de contratação aumentem significativamente. Discorrer sobre suas habilidades e capacitações de modo detalhado contribui para que seu currículo chame a atenção.


5. Crie e mantenha um blog


A produção de conteúdo é essencial para o marketing do século XXI. Ter um blog pode te ajudar a divulgar seus conhecimentos e habilidades por meio da produção de conteúdo periódico.

Além disso, o blog ajuda no engajamento e na captação de potenciais clientes (leads), dando voz ao seu marketing de carreira e tornando-o referência em muitos assuntos. Quanto mais ricos e inspiradores os textos, maior a geração de valor.

Por exemplo, se você trabalha dentro do ramo audiovisual, pode veicular temas como: “Evolução dos papéis: do papiro ao papel sublimatico tratado” ou ainda “Saiba como fazer um curta metragem de sucesso”.


6. Vá além da sua área de atuação


Na era digital, quem se limita à sua área perde espaço. O profissional dos novos tempos precisa ser versátil, resiliente é ter a mente aberta a novos ramos de atuação.

Sendo assim, se ofereça para ajudar pessoas de outras áreas, mostre interesse pelas tarefas que outros profissionais realizam e procure absorver todo tipo de conhecimento que possa ser útil durante essas atividades.

Imagine que você é especialista em fabricar carregador portatil personalizado. Você pode expandir seus conhecimentos e personalizar outros objetos como carimbos, roupas, canecas e capinhas de celular.


7. Assuma o crédito pelas coisas que faz


Não tenha vergonha de mostrar as coisas que faz e ter crédito por isso. Se tiver conquistas com ações suas, deve fazer o possível para que receba o crédito e possa divulgá-lo amplamente em suas redes sociais, blogs e outros meios.

Mas tome cuidado para não se tornar arrogante. Certifique-se de obter crédito em situações em que realmente ele seja seu, evitando ofuscar os demais integrantes da equipe ou empresa.

Por exemplo, se você trabalha em uma papelaria e conseguiu aumentar as vendas em 50% de etiquetas em folhas dentro de 3 meses por meio do atendimento diferenciado ao cliente. Busque seu crédito e o divulgue para mostrar a diferença que seu trabalho faz.


8. Tenha projetos extracurriculares


Invista no desenvolvimento de novas habilidades para além do seu campo de trabalho. Isso permite que você amplie suas capacidades, perspectivas e o público-alvo.

Você pode agregar valor ao seu currículo expandindo seu conhecimento. A descoberta de novas tendências, a constante atualização e a interação com profissionais que são de áreas complementares à sua, pode ajudar a melhorar ainda mais seu currículo.

Suponhamos que você é um advogado e preste serviços de assessoria tributária. Você pode ter projetos extracurriculares no ramo de direito civil e trabalhista, por exemplo, permitindo uma consultoria mais completa ao seu cliente.

9. Procure especialização


Aceite que você não sabe tudo e entenda que a atualização, mesmo dentro do seu próprio ramo, é extremamente necessária. Quem não se especializa e busca o constante aprendizado fica parado no tempo, o que não é condizente com a era digital.

A era digital está em constante mudança e isso exige de você o acompanhamento dessas tendências. Acompanhar blogs da sua área, realizar cursos no ramo em que atua e aperfeiçoamentos ou especializações são ótimas medidas de se manter atualizado.

Diante disso, se você atua no segmento bancário, está buscando um novo emprego e ainda não possui o inglês avançado, pode facilmente perder a vaga para outra pessoa que realizou cursos para melhorar o idioma.


Considerações finais


O mercado de trabalho está repleto de grandes profissionais em todos os segmentos e, para se destacar, é preciso mostrar porque você é diferente e melhor qualificado para assumir posições e executar tarefas.

Com o marketing pessoal, cada profissional é capaz de desenvolver a sua imagem pública, tornando-a cada vez mais interessante para os futuros empregadores.

A busca por profissionais que exercem atividades relacionadas ao mundo digital tem ocorrido por meio de redes sociais, em especial no LinkedIn, e sites de emprego.

Sendo assim, seu currículo deve sempre estar atualizado nesses locais para aumentar as suas chances.

Seguindo as dicas desse artigo e investindo tempo e dinheiro no seu marketing pessoal, pode melhorar sua colocação no mercado de trabalho, favorecendo o estabelecimento de parcerias ou mesmo da contratação por empresas referência na sua área.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

14 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page