top of page

CAC: Saiba o que é o custo de aquisição de clientes e como calculá-los

Se preocupar com algumas métricas de negócio é algo essencial se uma empresa deseja crescer e dar passos cada vez mais assertivos através das suas ações, diante dessas métricas o CAC vem ganhando cada vez mais relevância e merece destaque.



Muitas empresas acabam pecando diante das suas ações justamente por não acompanhar essas métricas e acabam até mesmo ficando para trás por não ter essa maturidade e consciência.


Diante disso, para que os gestores de marketing tenham uma espécie de base para tomar suas decisões e de fato impactar cada vez o meio em que a empresa está inserida, considerar o CAC é uma ação primordial.


Por isso, diante desse crescimento do meio digital, onde cada vez mais as empresas buscam destaque, desde uma empresa de projeto rede de distribuição a uma empresa de roupas, devem buscar se diferenciar e aplicar o CAC em suas estratégias.


Afinal, é primordial que as empresas saibam quanto os seus clientes estão custando para ser conquistado, gerando essa espécie de controle e monitorando com frequência o impacto de suas ações.


Pensando nisso, o objetivo desse post é justamente desmistificar o CAC, fazendo com que você entenda sua significação, como funciona, sua finalidade e principalmente como calculá-lo. Vamos lá!


O que é o CAC?


O CAC através das suas siglas quer dizer o Custo de Aquisição de Clientes, essa métrica está associada aos investimentos médios em esforços diretos para conquistar um cliente.


Essa métrica ela pode ser utilizada tanto entre as empresas como são os casos mais populares e abordados, como também por investidores que estão em fase inicial e buscam realizar ações certeiras.


Ao se pensar no CAC do lado dos investidores eles utilizam dessa métrica para analisar a escalabilidade das novas empresas de tecnologia da internet, assim ao realizar essa análise se leva em conta a rentabilidade de uma empresa.


Por exemplo, ao analisar um célula automatizada de uma empresa, esses investidores em sua análise abordam quanto dinheiro pode ser extraído dos clientes e o custo para que essa ação aconteça.


Assim, geralmente os investidores através da sua análise se preocupam com o cenário atual, sem realizar ações incertas, não se preocupando com promessas futuras, a não ser que elas possam ser justificadas.


Já o outro lado, o das empresas, geralmente está associado aos especialistas em operações internas ou de marketing, sendo a métrica para medir os retornos dos seus investimentos em publicidade.


Por isso, em uma empresa que vende brindes personalizados diferentes se os custos para extrair dinheiro dos clientes puderem ser reduzidos, a empresa aumenta a margem de lucro e de fato tem o seu CAC positivo.


Além disso, vale mencionar e deixar claro que o cálculo é realizado levando em conta os investimentos e a conquista dos clientes no mesmo período, conseguindo ter essa boa noção através da métrica utilizada.


Para que serve o CAC?


O custo de aquisição de clientes serve para as empresas e investidores entenderem os investimentos e esforços diretos que estão sendo realizados para a conquista de um novo cliente.


Assim, ao aplicar essa métrica a empresa entende se seus gastos estão de fato dando um retorno positivo, conseguindo realizar esse reparo de erros e estabelecer um cenário de constante evolução.


Além disso, as empresas que utilizam desse cálculo conseguem sempre manter a saúde financeira alinhada, entendendo os seus limites e de fato trabalhando para que esse alcance dos clientes se faça de uma forma natural e com menos custos.


Vale ressaltar também que o CAC auxilia e tem como uma das suas principais funções um direcionamento através da tomada de decisões, beneficiando totalmente a empresa e os setores, realizando movimentos certeiros.


Como funciona o CAC?


O funcionamento dessa métrica está totalmente associado a um monitoramento dos investimos que estão sendo realizados dentre a empresa, conseguindo através disso monitorar o custo e como a empresa tem se saído diante das suas estratégias.


Através da aplicação do CAC de tem uma soma dos investimentos que estão sendo realizados nos setores de marketing e venda, dividindo pelo número de clientes adquiridos nesse mesmo período dos investimentos.


Dessa forma, ao realizar esse cálculo a empresa tem a sua disposição o custo que se tem para adquirir um cliente, conseguindo de fato ter uma noção se esse investimento está sendo vantajoso através da sua aplicação.


Um exemplo da aplicação desta métrica é que se para vender um isolamento térmico com espuma de poliuretanol se realiza um investimento de R$10 mil no mês, e com isso a empresa consegue conquistar 10 clientes, o CAC do seu negócio para a conquista do cliente é de R$1000.


Por isso, ao realizar a aplicação desta métrica se entende se os investimentos estão dando lucros consideráveis, conseguindo manter esse alinhamento em relação à saúde financeira da empresa e os passos que estão sendo dados.


Importância do CAC para uma estratégia de marketing


A importância de saber o CAC de cada um dos seus canais de marketing é algo extremamente relevante, fazendo com que através disso se tenha um direcionamento para melhor esse canal e ter o máximo do seu rendimento nessa aplicação.


Se você sabe quais são os canais de CAC mais baixos, você consegue agir de uma forma direta e assertiva, redobrando os gastos nesse canal e de fato conseguindo reter mais resultados através desse investimento.


Quanto mais você conseguir alocar seu orçamento de marketing em canais de CAC mais baixo, mais clientes são alcançados a partir de um orçamento fixo, tendo de fato resultados totalmente consideráveis.


Por isso, considerar as plataformas que sua empresa está investindo e ver o retorno diante de cada investimento é um dos passos para ter esse entendimento e de fato conseguir realizar esse controle em sua empresa.


Ao ter consciência dos gastos em cada plataforma, se aplica uma fórmula simples presumindo quanto cada canal trabalha para ter a mesma quantidade de clientes, aplicando esse método de obtenção de média.


Assim, ao ter essa consciência se entende os canais que estão sendo mais eficazes através das estratégias, além de compreender se a saúde do seu negócio anda bem ou de fato precisa ser melhorada.


Por exemplo, uma empresa que trabalha com o serviço de calibração de dosímetro, ao ser apontado que alguns canais não estão dando o retorno esperado.


Deve-se urgentemente buscar formas de reduzir o custo de aquisição assim consecutivamente melhorando o desempenho e os números da empresa.


Por isso, estar atento a essa métrica é de fato dar um passo importantíssimo em relação a uma evolução e a um ambiente cada vez mais assertivo e eficaz.


Como calcular o CAC do seu negócio


Para realizar o cálculo do CAC não é necessário ser um especialista em matemática ou ter o conhecimento sobre números avançados, basta realizar a divisão de todos os custos para aquisição dos clientes, pelo número de clientes adquiridos através dessa ação.


Se por exemplo uma empresa de célula automatizada, investiu R$20.000 para ter mais vendas e reter mais clientes, e através disso se conquistou 40 clientes, seu CAC é de R$500 por cliente.


Assim, basicamente o cálculo para a realização do CAC se caracteriza como:

CAC = Soma dos investimentos/número de clientes adquiridos.


Entretanto, por mais que o cálculo através da sua fórmula possa parecer tranquilo, a sua aplicação deve ser realizada com calma, visando de fato ter a realidade completa do seu negócio e dos investimentos que estão sendo realizados.


Por isso, alguns pontos devem ser considerados além de somente os investimentos nas ferramentas, considerando, por exemplo, os salários das equipes responsáveis, a automação industrial nesse processo e outros pontos como:

  • Salários das equipes;

  • Comissões de venda;

  • Treinamento de colaboradores;

  • Aquisição de ferramentas;

  • Assinatura de softwares;

  • Compra de anúncios;

  • Participações em eventos.


Assim, ao considerar todas essas variantes se tem uma noção real dos valores que estão sendo investidos, conseguindo ter uma noção precisa da saúde financeira do seu negócio e de como os investimentos estão se saindo.


Como realizar a melhoria do seu CAC


Como foi visto, o custo de aquisição do cliente deve ser melhorado visando a evolução do negócio, conseguindo fidelizar os clientes e de fato ter resultados melhores em relação aos seus investimentos e lucros.


Com isso, alguns métodos podem melhor o CAC da sua empresa e fazer com que de fato se estabeleça esse cenário de evolução e crescimento constante, confira algumas ações:


Melhores as métricas de conversão do seu site


Ao trabalhar com o auxílio de algumas ferramentas é possível entender o comportamento do cliente ao entrar em contato com o seu site, assim as melhorias são realizadas de forma assertiva, oferecendo uma experiência de compra única.


Aumente o valor para o usuário


Aumentar o valor por usuários está associado a algumas qualidades ou melhorias para que seu cliente tenha uma experiência mais positiva, essa ação pode ser realizada.


Por exemplo, em uma melhoria de produto como um transdutor de pressão, ou até mesmo em um melhor posicionamento da marca.


Implemente um software de gestão de relacionamento com o cliente


O relacionamento com os clientes é a base para que a empresa tenha sucesso, por isso investir em lista de e-mail automatizadas, programas de fidelidade e outras técnicas de fidelização é fundamental.


Por isso, ao evidenciar esses pontos fica claro que realizar esse monitoramento é essencial para os investidores e para a empresa, estabelecendo um cenário muito mais assertivo e vantajoso.


Dessa forma, chegou a hora de começar a aplicação desta métrica e ver sua empresa caminhando em direção ao sucesso e uma assertividade única.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


4 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page