top of page

4 Dicas de promoções para Black Friday


A Black Friday se tornou um dos principais eventos para o mercado comercial em um nível global. Por mais que tenha demorado um pouco para estourar no Brasil, hoje essa data chega a superar a importância de algumas tradicionais datas comemorativas.




De olhos nas promoções, vem se tornando uma prática comum a de um consumidor interessado em um produto específico esperar pela Black Friday para realizar essa compra, com a expectativa de encontrá-lo por um valor mais acessível.


A data passou a ter uma grande importância para o público, capaz de definir o seu interesse de consumo, em alguns casos literalmente se preparando para o evento, por meio de economias ou o fechamento de dívidas no cartão, para estar pronto para as compras.


Algo interessante para o mercado comercial, principalmente para aqueles que trabalham com materiais que não são vistos como essenciais, ou seja, que não estejam relacionados ao ramo alimentício ou de saúde, por exemplo, no qual o cliente pode postergar a compra.


Sendo o caso de jovem que pretende viajar no próximo ano, deixando para adquirir a sua mochila saco personalizada na época da Black Friday, junto dos outros materiais que precisará em sua jornada, de forma a economizar em suas compras de alto volume.


E se o evento conquista cada vez mais os consumidores, a ponto da data gerar uma sensação de antecipação no público, não é preciso analisar muito a situação para perceber como a Black Friday é um hoje uma das datas mais importantes no calendários de compras.


Isso em um nível no qual praticamente todos os setores do mercado passaram a abordar esse evento comercial de alguma maneira, com descontos sendo encontrados em produtos de alto valor, nas compras do supermercado e até mesmo no ingresso do cinema.


Todos em busca de valorizar a data como uma oportunidade comercial, nem que seja para se aproximar de um público que se afastou por alguma razão financeira.


Serviços de assinatura também entram nesse esquema, com descontos progressivos para os novos assinantes naquela data, o que engloba conteúdos em streaming, como também companhias que realizam serviços de outsourcing impressão para empresas.


Mas para entender como melhor aproveitar a Black Friday no seu negócio, é preciso antes compreender melhor sobre as origens desse anual evento comercial.


Como surgiu a Black Friday?


A data de surgimento da Black Friday não é muito exata, justamente por não ter sido algo de planejamento, ocorrendo mais como uma reação do mercado aos hábitos de consumo da população, sendo identificado um frequente aumento no número de compras na época.


Originário nos EUA, um dos feriados nacionais de grande relevância para o país, concorrendo lado a lado com o feriado de Independência Americana (4 de julho) e com o tradicional Natal (25 de dezembro) está o Dia de Ação de Graças.


De origem religiosa, essa celebração não possui uma data específica, sendo realizada anualmente na 4ª quinta-feira do mês de novembro. Por ocorrer sempre no final do mês, o feriado passou a ser também o antecessor da próxima grande data comemorativa.


No dia seguinte as lojas começavam a se preparar para as vindouras compras de Natal, utilizando um sistema de gerenciamento de transporte para controlar a chegada de novos produtos, específicos para serem comercializados no fim de ano.


Existia também um propósito de zerar o estoque atual, de forma a abrir espaço nas prateleiras para as novas linhas dos mais diferentes produtos, idealizados especialmente para as compras de Natal, já pensando nos presentes a serem distribuídos entre parentes.


Do outro lado temos o próprio consumidor, que se dirigia com antecedência às lojas com o intuito de evitar a lotação das lojas no período festivo, e em alguns casos aproveitar alguma promoção relacionada à citada queima de estoque pré-natalina.


Após observar essa presença frequente do público nesta data, o mercado como um todo passou a se aproveitar desse movimento de ida às lojas, estabelecendo um evento anual que estimula o consumo na população, com descontos e promoções especiais.


Uma data que se tornou importante para o mercado em seus mais variados setores, desde uma consultoria de meio ambiente, como uma companhia de calçados, todos com sinais de desconto nas prateleiras das lojas de departamento.


Com a inclusão da internet à sociedade, resultando em uma globalização do mercado, além do estabelecimento do comércio digital, atualmente a Black Friday passou a ser realizada em quase todo o planeta, chegando assim ao nosso mercado nacional.


Como a Black Friday chegou ao Brasil?


Atento às duas situações citadas, ou seja, a globalização das atividades comerciais e a expansão do mercado digital, o site de cupons Busca Descontos realizou uma grande parceria com mais de 50 lojas do varejo nacional, no ano de 2010.


O experimento comercial foi de grande sucesso e rapidamente se expandiu nos anos seguintes, até chegar aos dias de hoje, no qual a Black Friday se tornou um dos eventos mais importante para o comércio nacional, em seus mais variados segmentos.


O próprio sucesso da Black Friday pode ser medido na maneira com a qual a data passou a ser aproveitada pelos mais diversos mercados, como uma empresa de envelopamento de veículos, além de outros nomes do mercado industrial e de serviços.


Até mesmo uma variação da Black Friday, mais focada no mercado de tecnologia, também é adotada no comércio nacional, com a chamada Cyber Monday, realizada na primeira segunda-feira após a chamada “sexta-feira negra”.


Uma relação positiva para o mercado brasileiro, que no ano de 2020, mesmo dentro de um período de pandemia, alcançou o número impressionante de R$ 3,1 bilhões relacionado às compras realizadas nesse dia, um aumento de 24,8% comparado ao ano anterior.


Números esses analisados pela Ebit | Nielsen, uma das mais importantes plataformas de opiniões dos consumidores, identificando um aumento no número de compras em dias anteriores e posteriores à Black Friday, expandindo o valor comercial dessa data.


Entre os setores mais procurados pelos brasileiros na data são:


  • Eletrônicos;

  • Eletrodomésticos;

  • Vestuário;

  • Móveis e decoração.


Uma variedade que movimenta o mercado como um todo, podendo chegar até a uma empresa de contabilidade para terceiro setor, com ONGs que realizam parcerias com as lojas comerciais, no qual parte dessa venda é destinada a organizações de caridade.


E vista essa importância, as entidades comerciais cada vez mais apostam em estratégias voltadas a aproveitar as oportunidades dessa data. Mas não basta adotar a Black Friday no seu calendário comercial, é preciso otimizar as técnicas de venda nesse período.


4 estratégias para se destacar na Black Friday


Para aumentar o seu número de vendas durante essa data, a sua principal preocupação deve estar relacionada a sua associação com o público, afinal, nenhuma loja gostaria de estar marcada por um movimento conhecido no país como a “Black fraude”.


Um estigma negativo que ao invés de aumentar o seu número de vendas, pode prejudicar o prestígio da sua companhia. Sendo assim, é importante adotar estratégias especializadas para aproveitar de fato as oportunidades comerciais trazidas pela Black Friday.

  1. Estenda a sua campanha

A Black Friday se tornou um grande dia para o comércio nacional, mas isso não significa que as possibilidades de venda estão unicamente reservadas para esse dia. De forma a explorar a fundo as suas oportunidades comerciais é interessante expandir a campanha.


Apostar em promoções antecipadas pode fazer com que os seus clientes se tornem mais esclarecidos sobre as atividades promocionais que serão realizadas nesta data. O pós-Black Friday é outra opção, com a criação da chamada Black Weekend.


2.Planeje o seu estoque


Se o propósito da sua empresa é aumentar o número de vendas nesta data, é importante também estar preparado para as responsabilidades referentes a essa situação, de forma que o seu público não se sinta enganado pela sua comunicação.


Trabalhar com um sistema para controle de caixa é uma atividade primordial para que os seus clientes saiam satisfeitos das suas lojas, principalmente quando se pensa no mercado digital, sendo importante informar ao público o número de produtos disponíveis.


E para lidar com essas informações de estoque, além do melhor atendimento ao público, é essencial preparar os seus funcionários para essa realidade, tendo uma equipe preparada para receber essa maior quantidade de público nesta data específica.


3.Estude os seus concorrentes


É sempre importante estar atento às ações realizadas pelos seus concorrentes, mas na Black Friday essa especificidade precisa ser ampliada, levando em conta a maior competitividade de mercado durante esse grande evento comercial.


Estudar os preços praticados pelos concorrentes, tanto diretos como indiretos, pode ajudar a sua loja a definir os valores e descontos que serão aplicados no dia da Black Friday, de forma a destacar o seu poder competitivo no mercado.


Afinal, o estudo dos preços dos concorrentes é algo que provavelmente o seu público fará, em busca de encontrar uma empresa que melhor satisfaça as suas necessidades em uma relação de custo-benefício. O mercado não pode ficar longe disso então.


4.Posicione-se nas redes


A comunicação na internet é algo de grande destaque na Black Friday de forma a evidenciar as suas promoções nesse dia. Até mesmo com anúncios que levam direto ao site de compra, como uma empresa de materiais de sinalização de segurança no trabalho.


O comércio digital tem grande relevância atualmente, logo, trabalhar com plataformas relacionadas pode destacar o seu potencial competitivo durante esse evento.


Com base nisso, é possível afirmar que a Black Friday é um dia importante não apenas para os consumidores, mas também para o comércio, que pode usar desse primeiro contato com uma forma de fidelizar os seus clientes, expandindo seus negócios a longo prazo.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page